Motivados por Niege Dias e treinados por Marcos Hocevar, gêmeos jogam final no Circuito Correios em Itajaí

Antônio Sasso e João Sasso com o técnico Marcos Hocevar Crédito: Rubens Lisboa

Antônio Sasso e João Sasso com o técnico Marcos Hocevar
Crédito: Rubens Lisboa

Itajaí (SC), 20 de maio de 2015 – No quinto ano do Circuito Juvenil Correios, esta quarta-feira foi marcada por uma situação inédita, com dois irmãos gêmeos se enfrentando na final do G1 na etapa de Itajaí, no Itamirim Clube de Campo.

Em um torneio marcado por cinco pares de gêmeos, a chave de 14 anos masculino teve como campeão e vice os irmãos Antônio e João Sasso, ambos gaúchos e que iniciaram no tênis motivados por uma das maiores tenistas da história do Brasil, a gaúcha Niege Dias, ex-número 31 do ranking mundial de simples da WTA.

“Eles começaram com a Niege Dias, incentivados por ela, pelo Belem Novo Golfe Clube, que é o clube que fica no condomínio onde a gente mora e é o local onde funciona o Instituto Gaúcho de Tênis (IGT)”, explica o pai José Henrique Sasso.

Hoje ambos são treinados por outro tenista que esteve entre os 30 melhores do mundo, Marcos Hocevar. “O Biba (Luiz Carlos Enck) e a Niege convivem desde que eles eram bebês. Eles começaram brincando no tênis e estão há seis meses treinando sob os cuidados do Marcão, que não tenho o que dizer do paizão que é e a sua importância na formação deles”, completa José Sasso.

O confronto entre irmãos que estava empatado, passou a ter vantagem para Antônio nesta quarta-feira, com a vitória sobre João por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 7/5.

“É sempre difícil, a gente já se enfrentou várias vezes. Somos muito competitivos”, afirma João, que lamentou apenas não poder jogar com o irmão na chave de duplas, que foi cancelada devido à chuva. “A gente sempre joga duplas juntos, às vezes no final a gente até faz aquela comemoração dos Bryans”, completa.

A etapa de Itajaí do Circuito Juvenil Correios tem uma marca curiosa em relação a gêmeos disputando a chave. Além dos Sasso, outros cinco pares de irmãos gêmeos competem nas quadras do Itamirim Clube de Campo.

No G1, as gaúchas Lívia e Luiza Tavares da Silva disputaram a chave de 16 anos feminino, assim como as catarinenses Isabela e Gladis Brand competiram em Itajaí e a chave masculina de 14 anos teve os paulistas Lucas e Rafael Bortoli.

Outros dois irmãos não têm como se enfrentar, pois foram separados entre G1 e GA devido ao ranking. Rafael Serra disputou a chave de 16 anos masculino G1, enquanto Bruno Serra jogará no GA a partir desta quinta-feira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s