Finais do Brasileirão Infanto Juvenil acontecem neste domingo em Brasília

Crédito: Anderson Pinheiro

Crédito: Anderson Pinheiro

Brasília/DF, 13 de julho de 2013 – O Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil, quarta etapa do Circuito Nacional Correios, termina neste domingo no Clube do Exército de Brasília contando com oito finais de simples e oito de duplas nas categorias 12, 14, 16 e sub-25 anos masculino e feminino. As categorias 9 e 10 anos, do Tennis 10’s, também se encerram neste domingo.

Todas as finais de simples serão disputadas a partir das 8h (de Brasília) na manhã deste domingo, com tenistas de oito estados na busca do título nacional.

Na categoria 12 anos feminino, a goiana Andressa Gomes venceu neste sábado a semifinal contra a conterrânea Nalanda Silva e se classificou para enfrentar a paulista Alexandra Silva, que eliminou a mineira Isabel Célio. A final masculina de 12 anos será entre o mineiro João Pedro Ferreira, que venceu o paulista Matheus Almeida, e o cearense Jackson Xavier, que se classificou ao superar o paranaense Eduardo Dias.

“Cada dia vez estou tentando melhorar meus jogos, treinando muito e com muito foco. O que eu faço para treinar é muito louco, porque eu moro em Itaúna, mas na quinta, sexta e sábado vou treinar em Belo Horizonte. Na quinta e na sexta tenho que almoçar no carro, é muito corrido e tenho que ir para a escola e pegar estrada”, afirma João Pedro Ferreira.

“Já joguei com ele (Jackson) uma vez no Nordeste e perdi. Vou dar o meu máximo, jogar tudo que posso e fazer o que treinei, o que eu sei jogar, dar tudo o que tenho”, completa Ferreira.

O título da categoria 14 anos anos feminino será decidido entre a paulista Marcelle Cirino, que eliminou a paranaense Vitória Okuyama, e a paranaense Kathleen Percegona, que passou pela paulista Julia Silva.

“É sempre bem legal participar do Brasileirão. É um torneio bastante cobiçado, todo mundo quer ganhar. Consegui jogar bem, impor meu jogo e estou na final” afirma Cirino, que neste ano representou o Brasil no Sul-Americano de 14 anos e aprovou a participação. “Gostei muito, foi uma experiência que nunca vou esquecer. Fiz várias amigas lá e consegui ter uma noção melhor sobre o nível internacional, fiz bons jogos e fiquei muito feliz com a convocação”, completa Cirino.

“A gente ja jogou varias vezes no começo do ano, a gente se conhece bem, jogamos duplas junto, vou tentar impor meu jogo em cima da direita dela, vou ser agressiva sempre efazer o meu melhor” finaliza Marcelle Cirino.

A decisão masculina de 14 anos terá o paulista Gabriel Bugiga, que passou pelo goiano Armando Ferreira, e o pernambucano João Lucas Silva, que venceu o paulista Bruno Pessoa.

Na categoria 16 anos feminino a paulista Pei Ju Chien surpreendeu a brasiliense Lara Soares e decide o título com a mato-grossense Eduarda Ferreira, classificada com vitória sobre a carioca Maria Clara Silva. “Eu não sei, apenas disse a mim mesma ‘não sinta a pressão’, porque elas eram mais velhas que eu e eu fiz o meu melhor. Não conheço a Eduarda. Vou tentar a mesma coisa de todo jogo, não sentir a pressão, apenas isso”, afirma Pei Ju Chien.

O paranaense Fernando Yamacita venceu seu conterrâneo Gabriel Sidney e se classificou para enfrentar o paulista Guilherme Scarpelli, que passou por Felipe Alves, na final da categoria 16 anos masculino. “Joguei na Europa, fiquei lá um mês e vim para cá para buscar o título mesmo. Estou indo bem, aqui consegui ficar bastante concentrado durante o jogo. Venho treinando muito e estou conseguindo fazer o que treino nos jogos, está dando certo”, afirma Yamacita, que disputou apenas uma final do Brasileirão e foi vice de 14 anos em 2011.

Campeã da categoria sub-25 feminino na etapa de Manaus do Circuito Nacional Correios, a paulista Sophia Chow venceu a mineira Julia Albuquerque e enfrenta a mineira Bárbara Oliveira, vice-campeã em Natal e São José do Rio Preto, que superou a paranaense Eduarda Santos. “Eu espero uma final que não vai ser fácil, porque se a menina está na final é porque joga bem. Vou tentar dar o meu melhor e aproveitar as chances que eu tiver”, afirma Chow, que joga sua primeira final do Brasileirão

Campeão brasileiro de 18 anos no ano passado em Curitiba, Vitor Oliveira será o representante do Distrito Federal na decisão do Sub-25 masculino após ter vencido o sergipano Victor Maynard. O outro finalista será o mato-grossense Mathaus Spiering, que eliminou o paulista Rafael Canecchio.

“Não cheguei aqui com expectativa de chegar à final, porque com essa categoria sub-25 o nível aumentou muito. O quali me ajudou bastante porque foi como um treino antes do GA. Consegui jogar bem”, afirma Spiering, que está disputando seu último torneio no Brasil antes de partir para a Hardin University e terá como adversário um tenista que joga atualmente no circuito universitário americano.

“Será um duelo americano (risos). A universidade dele é bem forte, ele só joga em quadra rápida também, está acostumado com o jogo, com a quadra e com os adversários mais fortes. O confronto entre nós dois está 2 a 1 para mim, mas ele está em casa, com a torcida a favor e tem tudo para ganhar também, é o favorito para ganhar o jogo”, completa Mathaus Spiering.

Tennis 10’s começa nesta sexta-feira no Brasileirão Infanto Juvenil

Brasília/DF, 11 de julho de 2013 – Nesta sexta-feira começa a disputa do Tennis 10’s no Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil, quarta etapa do Circuito Nacional Correios, que conta com tenistas de até 10 anos jogando com bolas mais lentas de acordo com a indicação do programa Tennis Play And Stay, da Federação Internacional de Tênis (ITF).

Neste ano temos 51 participantes nas categorias 9 anos masculino e feminino e 10 anos masculino e feminino. Todas as regiões do Brasil têm representantes no Tennis 10’s do Brasileirão.

Atletas de 14 estados jogam nas quadras de saibro do Clube do Exército de Brasília na sexta-feira, no sábado e no domingo. Os estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Goias, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo.

Para conferir as chaves e a programação do Tennis 10’s, clique aqui

Brasileirão Infanto Juvenil recebe crianças do Programa Tênis Comunitário nesta terça

Crédito: Beto Barata/Foto Arena

Crédito: Beto Barata/Foto Arena

Brasília/DF, 8 de julho de 2013 – O Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil de Tênis, quarta etapa do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil, recebe nesta terça-feira 40 crianças do Programa Tênis Comunitário no Clube do Exército de Brasília.

Crianças que participam da Célula do Programa Tênis Comunitário na Ceilândia terão a oportunidade de acompanhar as partidas dos tenistas que disputam o Brasileirão e também vão jogar tênis em uma das quadras oficiais do torneio a partir das 9h (de Brasília).

Os participantes do projeto serão acompanhados por seus coordenadores e pela equipe da CBT que está em Brasília para a realização do Brasileirão Infanto Juvenil.

O Programa Tênis Comunitário é realizado pela Confederação Brasileira de Tênis e os Correios e teve lançada neste ano a célula da Ceilândia na Escolar Classe Número 27, onde os alunos recebem aulas de tênis duas vezes por semana ministradas pela equipe de Ricardo Morais, membro da equipe de capacitadores da CBT.

O Programa Tênis Comunitário segue os padrões de ensino indicados pela Federação Internacional de Tênis (ITF) no programa Tennis Play & Stay, que utiliza bolas mais lentas e delimita a quadra em tamanho adequado para facilitar o aprendizado e proporcionar maior diversão para as crianças com o objetivo de mantê-las praticando o esporte.

Filhos de Jaime Oncins começam bem nas duplas do Brasileirão

Eric Oncins venceu duas partidas de duplas com Tiago Clemente em Brasília. Crédito: Anderson Pinheiro

Eric Oncins venceu duas partidas de duplas com Tiago Clemente em Brasília. Crédito: Anderson Pinheiro

Brasília/DF – 6 de julho de 2013 – O Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil de Tênis, quarta etapa do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil, teve neste sábado mais uma rodada de simples das categorias 12 anos, 14 anos, 16 anos e sub-25 masculino e também iniciou a disputa das duplas no Clube do Exército de Brasília, no Distrito Federal.

Neste domingo a programação começa as 8h (de Brasília) contando novamente com um grande número de partidas de simples e duplas. As chaves femininas do G1 começam a ser disputados na abertura da rodada deste domingo, valendo quatro vagas na chave principal de cada categoria.

Em um fim de semana marcado por grandes resultados nas duplas em Wimbledon, o filho de um dos maiores duplistas do tênis nacional jogou pela primeira vez as duplas do Brasileirão e conseguiu duas vitórias na tarde e noite deste sábado.

Eric Oncins é o filho caçula de Jaime Oncins e assim como o irmão Lucas, entrou para a disputa do G1 no Brasileirão. Em simples eles não conseguiram avançar, mas nas duplas Lucas conseguiu vencer a primeira rodada na categoria 16 anos, antes de ser superado na segunda ao lado de Nicola Muhlegger.

Já Eric formou parceria com Tiago Clemente e conseguiu avançar no torneio com uma vitória de virada sobre os cabeças de chave 1 Vinicius Saleme e Thiago Mendonça. Neste domingo o tenista caçula da família Oncins busca vaga na semifinal de duplas, nos primeiros passos de um caminho que foi trilhado pelo pai, ex-número 22 do mundo e os tios Alexandre e Eduardo, que atualmente também são treinadores.

Todos os resultados, as chaves, a programação, as fotos e demais informações do Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil estão disponíveis na página oficial do torneio circuitojuvenilcorreios.wordpress.com

Veja os resultados de simples deste sábado

12 anos masculino
Vinicius Saleme (SC) d. Lorenzo Barreto (DF) – 6/2 7/6
Lucas Kzam (DF) d. Victor Tominaga (SP) – 7/6 6/4
Gabriel Ferreira (MG) d. João Paulo Castro (CE) – 7/6 4/6 6/2
Matheus Lima (SP) d. Mateus Chou (SP) – 6/1 6/2
Paulo Issa (SP) d. Enzo Silveira (SP) – 6/4 6/0
Andrew Teixeira (SP) d. Fernando Lamenha (AL) – 6/1 6/1
Fernando Fonseca (SP) d. Julio Marques (GO) – 6/0 6/2
Lucas Batista (PE) d. Lucas Britto (AL) – 6/0 6/4
Adriell Santos (PR) d. Miguel Festa (MT) – W.O.
Eric Silberman (PR) d. Luis Barroso (GO) – W.O.
Fabio Pereira (SP) d. Rafael Chaves (GO) – 6/0 6/0
Matheus Ramos (PR) d. Vitor Jordão (PE) – 6/0 6/1

14 anos masculino
Giovanni Araujo (RS) d. Guilherme Carneiro (GO) – 6/3 6/2
Pedro Macchia (SP) d. Felipe Flach (SC) – 6/3 6/3
Bruno Nunes (MG) d. Paulo Avila (DF) – 6/1 6/4
Pedro Bustamante (MG) d. Henrique Marinho (SP) – 6/1 6/3
Rubens Cristofani Neto (SP) d. Eduardo Galdino (PB) – W.O.
Luiz Eduardo Santos (SP) d. Rafael Cohen (MG) – 6/2 6/1
Felipe Ferreira (MG) d. Pedro Leite (SP) – 6/2 6/1
Caio Silva (DF) d. Luiz Mihich (SP) – 6/0 6/1
Gustavo Muhlegger (SP) d. Lucas Morais (GO) – 6/1 6/3
Andre Cezar (SC) d. João Pedro Zoccoli (SP) – 7/5 6/1
Matheus Aquino (MG) d. Marcus Abreu (DF) – 6/3 6/2
Nino Portugal (DF) d. Hugo Freitas (GO) – 4/6 6/4 6/2
Jean Borges Filho (SP) d. Eduardo Barburi (MG) – 6/3 7/5
Lucas Meneguuim (DF) d. Gustavo Rodrigues (MG) – W.O.
Leonardo Nakai (SP) d. Matheus Cruz (PA) – 6/2 6/2
Luis Eduardo Assis (CE) d. Pedro Mancini (SP) – 6/0 6/1
Lucas Fonseca (MG) d. Lucas Leite (DF) – 6/4 7/6
Victor Ireno (SP) d. Marcos Souza (DF) – 6/2 6/0
Rafael Vidal (RJ) d. Gustavo Teixeira (GO) – 6/2 6/2
Henrique Baggio (PR) d. Caio Lopes (DF) – 6/4 6/1
Gabriel Couto (DF) d. João Pedro Souza (RS) – W.O.
Arthur Silva (AL) d. Ronaldo Souza (GO) – W.O.
Rodrigo Aguiar (RJ) d. Andre Dias (PA) – 6/0 6/1
Felipe Rizzardo (SP) d. Matheus Magon (SP) – 6/1 6/1
João Pedro Alves (PA) d. Gabriel Jallas (SP) – 6/3 6/2
João Hueb (SP) d. Felipe Tosello (SP) – 3/6 6/3 7/6
João Urquiza (SP) d. Caio Siqueira (DF) – 6/2 6/1
Lucas Alves (GO) d. Felipe Matta (RJ) – 6/4 6/1
Eduardo Pontes (SP) d. Alef Castilho (MS) – 6/2 4/6 7/6
Charles Ficher (TO) d. Pedro Maciel (MG) – 6/0 6/1
Lucas Santos (SP) d. Henrique Klann (SC) – W.O.
Eduardo Ribeiro (MG) d. Gustavo Campos (DF) – 6/4 6/3
João Giannella (SP) d. Henrique Soares (MG) – 6/2 6/2
Guilherme Lacerda (DF) d. Rafael Pereira (SP) – 6/0 7/6
Rodrigo Carvalho (SP) d. Gustavo Frazato (SP) – 6/4 6/0
Luiz Felipe Freitas (PE) d. Andre Passaglia (GO) – 6/1 7/6
João Motta (MS) d. Christophe Doustaly (SP) – 6/0 6/2
Marcello Moreira (SP) d. Gabriel Rios (GO) – 6/1 7/5
Alberto Mello (SP) d. Eduardo Marino (SP) – 6/3 6/2

16 anos masculino
Francisco Neto (MG) d. Matheus Veltri (SP) – 6/1 6/0
Raphael Oliveira (MG) d. Renaldo Queiroz (PR) – 6/1 6/0
Rafael Ferraza (RS) d. Victor Silva (MG) – 6/3 7/6
Pedro Lima (PR) d. Alec Yokochi (SP) – 6/2 6/1
Gabriel Nemeth (DF) d. Angelo Tost (SP) – 6/2 6/0
Bernardo Neves (RJ) d. Thiago Costa (MG) – 7/6 6/1
Marcelo Milko (SP) d. João Benvenutti (SC) – 6/2 7/5
Christoph Grasel (SP) d. Raphael Drago (SP) – 6/1 6/1
Gustavo Tsuchiya (SP) d. José Renato Junior (SP) – 6/1 1/0 RET
Lucas Pereira (RJ) d. Artur Chain (SC) – 4/6 7/5 3/0 RET
Bernardo Moraes (DF) d. Arion Reis (SP) – 6/1 6/1
Gabriel Gonçalves (SP) d. Eduardo Illanes (SP) – 6/3 6/2

Sub-25 masculino
Pedro Lucacin (PR) d. Thiago Moreira (SC) – 6/3 6/4
Sergio Coelho Filho (PI) d. João Ostermayer (RS) – W.O.
Mathaus Spiering (MT) d. Tiago Borella (SP) – 6/0 6/0
Pedro Rodrigues (SP) d. Pedro Varoto (SP) – W.O.
Carlos Alencar (GO) d. João Paulo Silva (SP) – W.O.
Hugo Pires (RJ) d. Leonardo Cerri (SP) – 6/1 6/7 6/4
Luis Argarate (SP) d. Lucas Silveira (SP) – 6/0 6/4
Murilo Basso (SP) d. Felipe Vieira (SP) – 6/4 6/3
Bruno Suiama (SP) d. Daniel Veiga (MG) – 6/4 7/5
Douglas Boe (SP) d. Guilherme Dumit (SP) – 6/4 6/4
Felipe Fonseca (PR) d. Breno Borges (SP) – 6/1 6/2
Maycon Dias (SP) d. Bruno Russo (SP) – W.O

Mais de cem partidas marcam primeiro dia do Brasileirão Infanto Juvenil

Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil no Clube do Exército de Brasília. Brasília/DF. 05/07/2013. Crédito: Anderson Pinheiro

Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil no Clube do Exército de Brasília. Brasília/DF. 05/07/2013. Crédito: Anderson Pinheiro

Brasília/DF, 5 de junho de 2013 – Mais de cem partidas marcaram o primeiro dia do Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil, quarta etapa do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil que começou nesta sexta-feira nas quadras do Clube do Exército de Brasília, no Distrito Federal.

A rodada desta sexta-feira contou com partidas de simples do G1 das categorias 12 anos masculino, 16 anos masculino e sub-25 masculino, que valem vaga nas chaves principais do torneio, com pontuação GA. Atletas de diversos estados jogaram em Brasília, sendo que na categoria 16 anos teve rodada dupla.

O paranaense Matheus Ramos, o sergipano Lazaro Santos, o alagoano Lucas Britto, o brasiliense Lorenzo Barreto, o goiano André Rapcham, o paulista Rafael Politi e o gaúcho Pedro Nascimento foram alguns dos destaques na categoria 12 anos masculino.

Os paulistas José Renato Junior e Alexandre Ozaki, o alagoano Mateus Fairbairn, o  brasiliense Laerto Oliveira Junior e o catarinense Eduardo Ribeiro venceram rodada dupla para avançar na chave de 16 anos masculino.

Confira abaixo todos os resultados desta sexta-feira:

12 anos masculino – 1ª rodada
Lorenzo Barreto (DF) d. Luca Almeida (PR) – 7/6 6/4
Victor Tominaga (SP) d. Bruno Muniz (DF) – 6/1 6/1
Mateus Chou (SP) d. Pedro Cleto (SP) – 7/6 4/6 7/6
Enzo Silveira (SP) d. Vian Louveira (MS) – 6/1 6/4
Andrew Teixeira (SP) d. Pedro Silva (SP) – 6/1 6/4
Fernando Fonseca (SP) d. Gustavo Naves (GO) – W.O.
Lucas Britto (AL) d. Alexandre Igayara (RJ) – 7/5 7/6
Adriell Santos (PR) d. Saulo Albuquerque (CE) – 6/1 7/5
Eric Silberman (PR) d. Luis Fernando Reis (DF) – 6/0 6/0
Matheus Ramos (PR) d. Adriano Cruz (MS) – 6/1 6/0
Pedro Nascimento (RS) d. Paulino Moreira (CE) – 6/4 4/6 7/6
Bruno Oliveira (SP) d. João Nogueira (SP) – 6/2 6/1
Guilherme Salim (DF) d. Lorenzo Malabarba (RS) – W.O.
Pedro Cardoso (AL) d. Luno Borges (DF) – 5/7 6/2 6/4
Eduardo Stephanes (PR) d. Vitor Santana (DF) – 6/4 7/5
Antenor Campos (SP) d. Adriano Meneguim (DF) – 6/3 6/2
Rafael Politi (SP) d. Pedro Campos (MG) – 7/5 2/6 6/0
Lazaro Santos (SE) d. Eric Oncins (SP) – 6/0 6/0
Lorenzo Volpi (PR) d. Rodrigo Patier (DF) – 7/5 6/1
João Balau (SP) d. Eduardo Rachid (RJ) – 6/1 6/4
Andre Rapcham (GO) d. Tiago Clemente (SP) – 7/6 7/5

16 anos masculino – 1ª rodada
Gustavo Puga (SP) d. Armando Rangel (CE) – 6/2 6/1
Gianluca Prezotto (SP) d. Felipe Santos (SP) – 6/1 6/4
Raphael Oliveira (MG) d. Felipe Sirkis (RJ) – 6/0 6/2
Rafael Ferraza (RS) d. Nicolas Muhlegger (SP) – 7/6 6/4
Giovani Pasini (SC) d. Pedro Gomes (MG) – 6/2 6/3
Alec Yokochi (SP) d. Lucas Oncins (SP) – 6/2 6/4
Dib Elias (SP) d. Lucas Spirandelli (MG) – W.O.
Angelo Tost (SP) d. Daniel Rios (DF) – 6/1 6/1
Bernardo Neves (RJ) d. Luis Crippa (DF) – 6/0 6/1
Felipe Lene (SP) d. Gabriel Padrão (MG) – 6/2 6/1
Raphael Drago (SP) d. Antonio Balau (SP) – 6/4 6/1
Ben-Hur Filho (PR) d. Mateus Vieira (SC) – 7/6 6/3
Jose Renato Junior (SP) d. Rodrigo Serra (MG) – 4/6 6/2 6/4
Luiz Andreolli (SP) d. Guilherme Carvalho (SP) – 6/1 6/4
Eduardo Illanes (SP) d. Guilherme Oliveira (SP) – 6/2 6/1
Lucca Faria (SP) d. Matheus Nakamura (SP) – 6/2 6/3
Guilherme Alexandre (SP) d. Marcio Lima (GO) – 6/0 6/4
Enzo Fortes (SP) d. Giovanni Fragalle (SP) – 6/1 6/0
Gianlucca Galdi (SP) d. Thiago Loureiro (MG) – 6/2 6/4
Giovanni Simões (ES) d. Lucas Porto (DF) – 6/2 6/2
Guilherme Coco (SP) d. Lucas Coutinho (PE) – 6/2 6/2
Enrico Lima (PR) d. Rodrigo Amaral (SP) – W.O.
João Lucas Alves (SP) d. Pedro Teixeira (DF) – 6/0 6/1
Rodrigo Roxo (RJ) d. Mateus Apud (SP) – 6/2 4/6 6/2
Eduardo Ribeiro (SC) d. Gustavo Girão (SP) – 3/6 7/6 6/3
Luiz Segundo (PE) d. Felipe Carvalho (SP) – 6/3 6/2
Gabriel Batagin (SP) d. Michel Sagrillo (PR) – 6/2 6/3
Marcus Queiroga (DF) d. João Almeida (PA) – 6/0 6/0
Andrey Souza (DF) d. Rafael Pereira (DF) – 6/4 6/0
Mateus Fairbairn (AL) d. Gabriel Andrade (MA) – 6/4 6/4
Laert Santos Junior (DF) d. Ernesto Barreto (GO) – 6/0 6/2
Leonardo Alves (DF) d. Gustavo Faria (MG) – 6/3 6/1
Alexandre Ozaki (SP) d. Samuel Salomão (MG) – 6/0 6/1

16 anos masculino – 2ª rodada
Francisco Costa Neto (MG) d. Gustavo Puga (SP) – 7/5 6/1
Matheus Veltri (SP) d. Gianluca Prezotto (SP) – 7/6 3/6 6/1
Raphael Oliveira (MG) d. Lorenzo Fasano (SP) – W.O.
Reinaldo Queiroz (PR) d. João Pedro Freitas (GO) – W.O.
Rafael Ferraza (RS) d. Tales Silva (SP) – 6/0 6/0
Victor Silva (MG) d. Sergio Almeida (ES) – 6/1 6/0
Pedro Lima (PR) d. Giovani Pasini (SC) – 6/3 6/3
Alec Yokochi (SP) d. Vinicius Silva (SE) – W.O.
Gabriel Nemeth (DF) d. Dib Elias (SP) – 6/2 6/0
Angelo Tost (SP) d. Lucca Mannarelli (SP) – W.O.
Bernardo Neves (RJ) d. Rafael Ricciardi (MG) – 6/3 6/2
Thiago Costa (MG) d. Guilherme Celio (MG) – 6/2 6/4
João Benvenutti (SC) d. Felipe Lene (SP) – 5/7 6/1 6/4
Marcelo Milko (SP) d. Pedro Batistela (SP) – W.O.
Christoph Grasel (SP) d. Phillip Reller (SP) – 6/2 6/4
Gustavo Tsuchiya (SP) d. Ben-Hur Filho (SP) – 6/3 6/4
Jose Renato Junior (SP) d; Dustin Souza (DF) – 2/6 6/4 6/1
Artur Chain (SC) d. Andre Siqueira (SP) – 6/3 6/1
Arion Reis (SP) d. Luiz Andreolli (SP) -6/4 7/5
Bernardo Moraes (DF) d. Gabriel Balestero (SP) – 6/0 6/3
Eduardo Illanes (SP) d. Guilherme Coleta (SP) – 6/2 6/2
Gabriel Gonçalves (SP) d. Lucca Faria (SP) – 6/3 6/1
Elio Lago (RJ) d. Guilherme Alexandre (SP) – 6/3 6/2
Guilherme Tavares (SP) d. Enzo Fortes (SP) – 6/4 7/5
Gianluca Galdi (SP) d. Leonardo Souza (SP) – 6/1 6/4
Otavio Ceribeli (SP) d. Victor Oliveira (GO) – 6/3 6/7 7/5
Giovanni Simões (ES) d. Thiago Franca (MG) – 6/1 6/0
Igor San Thiago (SC) d. Pedro Mendonça (GO) – RET
Guilherme Coco (SP) d. Gabriel Santos (SP) – 6/2 6/1
Enrico Lima (PR) d. Gabriel Boscardin Dias (SC) – 6/3 6/2
Antonioni Fasano (SP) d. João Lucas Alves (SP) – 6/2 6/1
Eric Caleguer (SP) d. Rodrigo Roxo (RJ) – 6/0 6/1
Tales Fernandes (SP) d. Mateus Oliveira (GO) – 2/6 7/5 6/0
Guilherme Castro (SP) d. João Vitor Andrade (MG) – 7/5 6/3
Eduardo Ribeiro (SC) d. Lucas Cordeiro (SP) – 6/2 6/0
Breno Plentz (RS) d. Wagner Buso (MG) – 6/0 6/1
Luiz Segundo (PE) d. Bruno Duarte (MG) – 3/6 6/3 6/4
Carlos Fernandes Neto (SC) d. Gabriel Batagin (SP) – 6/1 7/5
Marcus Queiroga (DF) d. João Iamauti (PE) – 6/4 5/7 6/2
Herlens Peres (SP) d. Andrey Souza (DF) – 6/4 3/6 7/5
Mateus Fairbairn (AL) d. Felipe Melo (DF) – 7/5 7/6
Rodrigo Sales (MG) d. Felipe Cartaxo (CE) – 7/5 6/0
Laert Oliveira Junior (DF) d. Henrique Leal (SP) – 6/3 6/3
Mauricio Muniz (RJ) d. Julian Navarro (SP) – 6/0 6/3
Leonardo Alves (DF) d. Marcos Silvestre (MG) – 6/3 6/0
Alexandre Ozaki (SP) d. Gabriel Dabdab (RJ) – 6/1 6/3

Sub-25 masculino – 1ª rodada
Felipe Fonseca (PR) d. Arthur Silveira (SP) – 6/0 6/1
Pedro Catelan (RJ) d. Diego Rodrigues (MG) – W.O.

Brasileirão Infanto Juvenil começa nesta sexta-feira em Brasília

Rafael Wagner disputa a categoria 16 anos no Brasileirão. Crédito: Rubens Lisboa/CBT

Rafael Wagner disputa a categoria 16 anos no Brasileirão. Crédito: Rubens Lisboa/CBT

Brasília/DF, 2 de julho de 2013 – O tradicional Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil, quarta etapa do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil de tênis começa na próxima sexta-feira no Clube do Exército de Brasília, no Distrito Federal, contando com mais de 500 tenistas que disputam até o dia 14 de julho o maior torneio nacional infanto juvenil.

O Brasileirão deste ano conta com as categorias 12 anos, 14 anos, 16 anos e sub-25 anos, além do Tennis 10’s, que tem disputas de 9 anos e 10 anos usando bolas mais lentas e quadra em tamanho adequado para crianças.

Nesta sexta-feira, dia 5 de julho, a organização do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil, representantes do Clube do Exército de Brasília e da Federação Brasiliense de Tênis e os tenistas participantes do torneio estarão disponíveis para atendimento aos jornalistas no Clube do Exército a partir das 15h (de Brasília).

Atletas de 25 federações disputam a competição, que terá representantes de Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Na sexta-feira a competição inicia com a disputa das chaves G1, que neste ano serão classificatórias para o GA, a chave principal do Brasileirão. Nas chaves masculinas se classificam os seis vencedores do qualifying, enquanto quatro atletas se classificam das chaves femininas, que começam apenas no sábado.

As chaves principais começam na quinta-feira, dia 11 de julho, para todas as categorias infanto juvenis. O Tennis 10’s será disputado de 12 a 14 de julho.

Neste ano o Brasileirão conta com uma novidade que é a categoria sub-25, contando com premiação em dinheiro no GA.

Inscrições abertas para o Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil 2013

São Paulo, 6 de junho de 2013 – Estão abertas as inscrições para o Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil de tênis, quarta etapa do Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil, que será realizado entre os dias 5 e 14 de julho no Clube do Exército de Brasília, na cidade de Brasília, no Distrito Federal.  Neste anos serão disputadas as categorias 12 anos, 14 anos, 16 anos e sub-25 anos, além do Tennis 10’s, com crianças de idade entre 8 e 10 anos.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 24 de junho, com o prazo final para o cancelamento de inscrição em 26 de junho, um dia antes do sorteio das chaves. O valor para a inscrição é de R$ 120.

O G1 será realizado entre os dias 5 e 10 de julho, enquanto o GA acontece entre os dias 11 e 14 de julho. Neste ano o G1 será um qualifying para o GA classificando seis tenistas para as chaves masculinas de simples e quatro tenistas para as chaves femininas de simples.

O regulamento do Campeonato Brasileiro Infanto Juvenil de tênis 2013 está disponível e pode ser aberto neste link em formato pdf.

Faça sua inscrição pelo site http://cbtenis.com.br/site.aspx/Torneios.

Para conhecer mais sobre o Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil, visite o blog oficial do torneio: https://circuitojuvenilcorreios.wordpress.com.

Brasileirão termina com decisão emocionante na categoria 18 anos em Curitiba

Campeões e vices celebram encerramento do Brasileirão na cerimônia de premiação. Crédito: Rodrigo Petterson/Foto Arena

O Brasileirão Infanto Juvenil, quarta etapa do Circuito Nacional Correios, foi encerrado na tarde deste domingo com chave de ouro após uma partida emocionante vencida pelo brasiliense Vitor Oliveira contra João Lucas Menezes de virada após salvar seis match points, para ser campeão da categoria 18 anos com 4/6, 6/3 e 7/6.

Após vencer a última final do evento realizado no Santa Mônica Clube de Campo, em Curitiba, o tenista que fazia seu torneio de despedida como juvenil não conseguiu segurar o choro na comemoração pelo título.

“Foi sem dúvida o jogo mais emocionante da minha vida. Salvei seis match points, tive dois e consegui fechar o jogo no segundo. Era minha última oportunidade de ser campeão brasileiro e agora eu consegui, tudo o que eu passei valei a pena”, afirmou Vitor Oliveira.

Na final feminina da categoria 18 anos, a carioca Ingrid Martins, atleta do Projeto Olímpico Rio Tênis 2016, conseguiu superar a cabeça de chave 1 Eduarda Santos, que jogava em sua cidade e tentava repetir a campanha perfeita de São José do Rio Preto, quando havia sido campeã.

“Foi legal, comecei o jogo tranquila, fui fazendo o meu jogo e deu certo. É uma motivação a mais ser campeã brasileira em uma categoria acima e agora é treinar para os próximos torneios”, comemorou Ingrid Martins.

Pela categoria 16 anos o campeão foi o carioca Lucas Biato, que já havia vencido a chave de duplas ao lado de José Evaldo Neto e neste domingo superou Gabriel Bendazoli para levar o título. No feminino a campeã pela terceira vez na categoria 16 anos foi Gabriela Alves, que venceu a decisão contra Stephanie Santos.

A paulista Thaisa Pedretti conquistou seu terceiro título em três etapas na categoria 14 anos feminino ao vencer a decisão contra a paranaense Gabriela Araújo. No masculino, Igor Schattan venceu de virada a decisão contra João Pedro Garreto para ficar com o título.

A categoria 12 anos teve repetição de campeões, com Igor Gimenez vencendo o companheiro de equipe Pedro Cordeiro, que abandonou no início do terceiro set após sentir lesão. Luiza Braghini voltou a ser campeã nos 12 anos feminino ao vencer Julia Silva na decisão em Curitiba.

Igor Gimenez mantém 100% de finais no Circuito Correios

O paulista Igor Gimenez disputa a sua quarta final consecutiva no Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil e busca o título do Brasileirão neste domingo, a partir das 9h, diante de Pedro Cordeiro, que joga a sua primeira final deste ano no circuito pela categoria 12 anos masculino. Das três finais disputadas, Gimenez foi campeão em duas ao vencer São José do Rio Preto e Manaus.

Perto da mudança para a categoria 14 anos, o atual número 1 do ranking nacional de 12 anos, espera sair com mais um título para testar em um nível acima na etapa do Rio de Janeiro, a próxima do Circuito Correios.

Já a final da categoria 14 anos terá a repetição da final da etapa de São José do Rio Preto, com o paulista Igor Schattan tentando a revanche diante do mineiro João Pedro Garreto, o vencedor da abertura do Circuito.

Depois de começar o ano vencendo o G1 em São José do Rio Preto, o carioca Lucas Biato tenta o seu primeiro título GA no ano pela categoria 16 anos masculino em Curitiba. Ele enfrenta na decisão o paulista Gabriel Bendazoli, vice-campeão em Teresina.

Campeão do G1 em São José do Rio Preto e do GA em Teresina, o mineiro João Lucas Menezes, que joga pelo estado de São Paulo, tenta manter a invencibilidade no Circuito Nacional Correios Infanto Juvenil e joga a final contra o brasiliense Vitor Oliveira.